Quatro classes de separação: Parte I

O nosso último post foi sobre obras limpas e nesse post nós citamos as quatro classes de de resíduos, definidos pelo CONAMA, que podem ser produzidos durante uma construção, mas não falamos muito sobre o que exatamente são essas quatro classes. No post de hoje, vamos explicar um pouco mais sobre as duas primeiras classes.

Classe A. 
São todos os materiais que, se separados corretamente, podem ser reciclados ou reutilizados na própria obra e por isso têm valor comercial. Os objetos que se encaixam nessa categoria são:

Classe B.
Aqui entram os resíduos que podem ser reciclados e utilizados em outros setores. Precisam ser separados individualmente para que possam ser enviados a cooperativas que realizem a reciclagem. Nessa categoria estão:

Esse post tem continuação! Então fique ligado no que vem por aí!

Clique aqui para ver o nosso último post!

Se ficou curioso sobre o assunto, clique aqui e aprenda mais!